Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Igreja Universal do Reino de Deus, em mais uma de suas campanhas marqueteiras, absurdas e anti-bíblicas, colocou à venda escrituras de sociedade com Deus. Mediante a oferta depositada, o fiel recebe um contrato que lhe da direitos sobre o Criador, o qual passa a ser seu sócio, e pode exigir as bênçãos que supostamente lhe correspondem. Para “autenticar” o contrato, 70 pastores da Universal estariam selando o documento com o sangue do cordeiro, e à partir de então o contrato passaria a ter valor legal ante Deus. As escrituras não tiveram valor estimado ou divulgado mas a compra delas é sucesso entre os fiéis de mais de 70 igrejas da universal. De salientar que a 31 de Dezembro de 2012, em Luanda, um total de 16 cidadãos angolanos perderam a vida quando participavam numa vigília da Universal, designada "Vigília da Virada - Dia do Fim", em consequência de esmagamento e asfixia provocadas pela grande afluência de populares. Entre as vítimas havia três crianças com idades entre os três e quatro anos, além 120 feridos. Após a tragédia o governo angolano abriu um processo-crime contra a direcção da referida igreja. Segundo Júlia Rosa de Lacerda Gonçalves, da Direcção Nacional de Investigação Penal da Procuradoria-Geral da República (DNIAP-PGR), “neste momento, estamos a aguardar a realização daquilo que achamos ser o último acto processual para, posteriormente, remetermos o processo para o tribunal competente”, disse. Fonte: Angorussia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22



Mais sobre mim

foto do autor


Contactos:

Email: Pauloafonsoneto@sapo.ao


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.